A israelense Shoshana Band diz que brasileiros são melhores para o ballet  

Foto: Vanessa Miyasaka

Foto: Vanessa Miyasaka

Por Vanessa Miyasaka –

A correpetidora israelense Shoshana Band é uma das convidadas para tocar piano, ao vivo, nas aulas ministradas no Seminário Internacional de Dança de Brasília. Shoshana começou a tocar piano aos quatro anos de idade e aos 13 já estava participava de aulas de ballet.

Com 50 anos de carreira, a correpetidora é graduada pela Universidade de Música de Riga, na Lituânia, e pela Academia de Música de Israel na Universidade de Tel Aviv. Shoshana já se apresentou em diversos países e este ano adiciona ao currículo o Seminário Internacional de Dança de Brasília pela segunda vez.

Em entrevista à Agência de Notícias do Seminário Internacional de Dança de Brasília, Shoshana explica um pouco sobre o seu trabalho, seus objetivos e impressões dos bailarinos brasileiros.

Qual é a sua função como correpetidora nas aulas?

Shoshana Band – Eu ajudo os dançarinos a entender a música que eles precisam escutar no palco, e, claro, também ajudo o professor nas classes, porque se você não for um bom pianista você acaba com a aula.

Nas aulas é possível notar que você, além de tocar piano, também precisa  prestar atenção nas orientações passadas aos bailarinos pelo professor. Como funciona isso?  Você aprende junto com os alunos?

Shoshana Band – Não se trata de um concerto meu, é tudo sobre ballet. Algumas vezes, você fala uma língua diferente dos professores e dos alunos. Assim, você precisa entender as técnicas passadas em aula. Eu toco o que eu vejo nas aulas, se o professor faz algo com fluência eu também faço. Se ele for muito energético, eu toco algo que tenha conexão. O estilo está sempre mudando, são diferentes técnicas.

O que você acha do Seminário?

Shoshana Band – É uma oportunidade incrível para os dançarinos do Brasil. No Seminário, eles têm os melhores professores que eles possam imaginar. Os bailarinos também têm a oportunidade de competir e usar o palco, uma chance que nem todos possuem.

Esta é a segunda vez que você participa do Seminário. Por que decidiu voltar?

Shoshana Band – Eu decidi vir este ano porque as pessoas que trabalham aqui, os professores, são muito profissionais. E, além disso, aproveito a companhia deles. Sabe, aqui estão as pessoas mais experientes nessa área.

Qual é o seu principal objetivo ao tocar piano nas aulas?

Shoshana Band – Primeiro, eu quero ajudar os bailarinos a fazer a aula com mais facilidade e também dá-los inspiração, além de dar a chance para que eles se movimentem com a música e sejam felizes.

Qual é a sua inspiração? Você tem um repertório ou apenas improvisa?

Shoshana Band – Na maioria dos casos eu improviso, mas algumas vezes uso partituras. Eu toco jazz também, eu uso tudo nas classes, até mesmo salsa e samba. Uso todos os estilos nas aulas de ballet, mas o ritmo pego dos professores e dos dançarinos. Tento arranjar meios de me adaptar ao que está sendo passado. É preciso prestar atenção no que o professor fala, é muito importante.

O que você acha dos bailarinos brasileiros? Você acredita que eles possuem algo diferente dos artistas estrangeiros?

Shoshana Band – Eles são mais talentosos, possuem ótimas estruturas corpóreas. Eu falo da parte física, os corpos dos brasileiros são melhores para dançar ballet. Eu fiquei impressionada, as crianças fazem piruetas, tudo, saltos com combinações de técnicas difíceis.

Este é um evento da Secretaria de Estado da Cultura do Distrito Federal em parceria com a Associação Cultural Claudio Santoro.

Este evento faz parte do programa DANCE BRASIL.

Para reproduzir as matérias basta somente dar crédito à Agência Dance Brasil.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s