Austin Hartel: os estudantes que me motivam a vir

????????????????????????????????????

Aunstin em ensaio supervisionado. Foto: Vanessa Miyasaka.

Aunstin e a esposa, também bailarina e professora do seminário, Thyrsa da Rosa e o filho do casal. Foto: Vanessa Miyasaka.

Aunstin e a esposa, também bailarina e professora do seminário, Thyrsa da Rosa e o filho do casal. Foto: Vanessa Miyasaka.

Por Vanessa Miyasaka –

Pela quinta vez participando do Seminário Internacional de Dança de Brasília, o professor e coreógrafo americano Austin Hartel volta ao evento a procura de novos talentos. Hartel começou sua carreira na dança aos oito anos na Escola de Ballet de Washington. Aos 16, entrou para a Cia. de Ópera da Philadelphia e, apenas três anos depois, começou a se dedicar à dança moderna. Em 2006, fundou o Hartel Dance Group, que por 10 anos assumiu a Direção Artística da Dalton-Hartel Dance, e, hoje, é professor de dança moderna na Universidade de Oklahoma.

Na 25ª Edição do Seminário, Hartel leciona aulas de contemporâneo, pas de deux e administra turmas de contato/improvisação. Além disso, o professor também faz ensaios supervisionados para o concurso promovido pelo evento. Em entrevista à Agência de Notícias do Seminário Internacional de Dança de Brasília, Hartel explica quais os critérios utilizado na escolha dos bailarinos e conta sobre o diferencial dos dançarinos brasileiros.

Qual é a sua opinião sobre o Seminário Internacional de Dança de Brasília?

Amo o Seminário, trabalhar e ensinar os dançarinos e todas as vezes que venho ao Brasil os eles demonstram muito entusiasmo e adoram dançar. Os estudantes são muito dedicados e estão sempre trabalhando duro. Como professor, amo muito isso. É inspirador trabalhar com eles, ajudá-los a crescer e vê-los famintos e animados pela dança. Os estudantes me motivam a vir.

Você acredita que os bailarinos brasileiros possuem algum diferencial em comparação com outros dançarinos no exterior?

Há algumas diferenças no estilo e na técnica de dançar, mas para mim o principal é que eles possuem paixão pela dança. Eu ensino na universidade e eu tenho muitos estudantes, mas os bailarinos daqui gostam de dançar, eles querem muito dançar.

Nesta edição do Seminário, você já encontrou algum bailarino que chamou a sua atenção?

Já encontrei muitos! O concurso deste ano, comparado com o ano passado, tem bailarinos com nível um pouco melhor. Há maravilhosos bailarinos, eles são muito bons.

Você espera encontrar mais dançarinos nesta edição do que na do ano passado para dar a oportunidade de estudar no exterior?

Talvez. Eu já encontrei alguns, mas não posso dizer. Cada um de nós professores temos diferentes coisas para oferecer e ensinar. Então, eu tenho que procurar pessoas que se encaixem no critério da universidade também. Eu estou encontrando mais bailarinos neste ano, do que ano passado, que se encaixam nos meus critérios.

Qual critério você está utilizando para escolher os bailarinos entre tantos talentos?

Procuro alguém que seja interessante, claro. Que reúna uma boa técnica e um bom corpo. Porém, existem pessoas que possuem uma boa técnica e um bom corpo, mas que não chama a atenção, eles não são interessantes quando você os assiste, não possuem presença e maturidade na dança. Se eu vou para uma apresentação quero ver pessoas que se comuniquem comigo e que chamem a minha atenção. Não apenas alguém que levante a perna até a cabeça. Entende?

Então, não é apenas a técnica? É preciso passar emoção.

Sim. É preciso alguma emoção por trás da dança, paixão, espírito. É muito mais do que o seu corpo fazendo formas e ocupando espaço. E é isso que o faz interessante.

Este é um evento da Secretaria de Estado da Cultura do Distrito Federal em parceria com a Associação Cultural Claudio Santoro.

Este evento faz parte do programa DANCE BRASIL.

Para reproduzir as matérias basta somente dar crédito à Agência Dance Brasil.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s