São Paulo Companhia de Dança apresenta espetáculo na Gala dos Premiados

Companhia em apresentação do espetáculo Amihlapinatapai. Foto: Divulgação.

Companhia em apresentação do espetáculo Amihlapinatapai. Foto: Divulgação.

Por Simone Andrade –

A São Paulo Companhia de Dança (SPCD), sob direção de Inês Bogéa, se apresenta na Gala dos Premiados do Seminário Internacional de Dança, com entrada gratuita, domingo (26/07), às 20h, no Estádio Mané Garrincha. A companhia traz duas obras para o palco livre do Seminário: o Grand Pas de Deux de Dom Quixote e Mamihlapinatapai.

Grand Pas de Deux de Dom Quixote, coreografada a partir do original de 1869 de Marius Petipa (1818-1910), é o momento do casamento de Kitri e Basílio, personagens principais dessa obra. Coreografado por Marius Petipa, o balé Dom Quixote é baseado num capítulo da famosa obra de Miguel de Cervantes, que narra as aventuras do barbeiro Basílio e seu amor por Kitri, a filha do taberneiro. Essa peça terá duração de 10 minutos e será apresentada por dois bailarinos.

Mamihlapinatapai, criada especialmente para a SPCD por Jomar Mesquita com colaboração de Rodrigo de Castrotrata da relação de desejo entre homem e mulher. Um olhar compartilhado por duas pessoas, cada uma desejando que a outra tome uma iniciativa para que algo aconteça, porém, nenhuma delas age. Este é significado de Mamihlapinatapai, palavra indígena originária da língua yaghan, de uma tribo da Terra do Fogo. O coreógrafo Jomar Mesquita utiliza elementos desconstruídos da dança de salão para criar a peça, que tem duração de 20 minutos e será apresentada por nove bailarinos.

Serviço:

Dias 26 de julho | domingo, às 20h

Local: Estádio Nacional Mané Garrincha

Valor do ingresso: Gratuito

Indicação Classificativa: Livre

OBRAS:

GRAND PAS DE DEUX DE DOM QUIXOTE (2012)

Coreografia: SPCD a partir do original de 1869 deMarius Petipa (1818-1910)

Música: Leon Minkus (1826-1917)

Figurinos: Tânia Agra | Iluminação: Wagner Freire

Estreia da obra de Marius Petipa: 1869, ImperialBallet, Moscou, Rússia

Estreia pela SPCD: 2012, Centro Cultural Oscar Niemeyer, Goiânia, Brasil

Duração: 10 minutos com 2 bailarinos

MAMIHLAPINATAPAI (2012)

Coreografia: Jomar Mesquita com colaboração de Rodrigo de Castro

Músicas: Marina de La Riva, composição de Silvio Rodrígues (Te Amaré Y Después); Rodrigo Leão (No Se Nada); e Cris Scabello (Tema final); Cartola e Grupo Planetangos (As Rosas não Falam)

Figurinos: Cláudia Schapira | Iluminação: Joyce Drummond

Estreia mundial: 2012, Teatro GEO, São Paulo, Brasil

Duração: 20 minutos com 9 bailarinos

Este é um evento da Secretaria de Estado da Cultura do Distrito Federal em parceria com a Associação Cultural Claudio Santoro.

Este evento faz parte do programa DANCE BRASIL.

Para reproduzir as matérias basta somente dar crédito à Agência Dance Brasil.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s