Inscrições abertas – Seminário há 24 anos traz o melhor da dança internacional

Espetáculo 1964 - Faces Ocultas

Estão abertas as inscrições para a 24ª edição do Seminário Internacional de Dança de Brasília, por meio do sitewww.dancebrasil.art.br  Grandes nomes nacionais e internacionais da dança estarão reunidos de 23 de junho a 11 de julho, no Centro Cultural Branco do Brasil (CCBB), Brasília, ministrando cursos e julgando as competições entre os talentos inscritos.

O evento que já promoveu nomes brasileiros ao cenário internacional da dança, como Mônica Proença e Fabiana Maltarolli, segue sua proposta de elevar talentos nacionais a carreiras internacionais por meio do aperfeiçoamento do bailarino. Para alcançar esta meta, o Seminário conta com um Corpo Docente de renome internacional, que ministrarão disciplinas práticas e teóricas de dança e teatro. Para esta edição, estão confirmadas as presenças de Christoph Böhm (Alemanha), Rachel Hendricks (EUA), Roser Muñoz (Espanha), Vincent Gros (França) e o correpetidor Jaroslaw Madroszkiewicz (Polônia/Áustria). Entre os brasileiros, Gisèle Santoro (filha), Evandra Martins, Mônica Proença, Fabiana Maltarolli e Jânia Batista.

Os cursos e workshops oferecidos no seminário contemplarão do clássico (Pas de Deux e Repertório) ao moderno (Jazz e Dança Contemporânea), passando pelo folclórico e o popular (Dança Brasileira, Flamenco, Sapateado, Hip-Hop, Break Dance, Street Dance e outros).

Além de se inscrever para as aulas, os bailarinos podem concorrer a prêmios valiosos previstos no valor de R$ 20 mil e 10 Bolsas de Estudo e Estágios em prestigiadas escolas, academias e companhias da Europa, do Canadá, da Austrália e dos EUA. Os concursos serão promovidos nas categorias solo, duo, trio, conjunto e grupo. As inscrições para os concursos também estão abertas no site www.dancebrasil.art.br

Para que os talentos escondidos nas comunidades carentes do Distrito Federal também tenham acesso a está oportunidade, o Seminário desenvolve o programa especial “Dançar para Viver / Viver para Dançar”, que oferece bolsas de participação para o evento. Para se candidatar, o interessado deve encaminhar solicitação por escrito à Secretaria de Estado da Cultura do DF.

O Seminário, que é promovido pela Secretaria de Estado da Cultura do Distrito Federal em parceria com a Associação Cultural Claudio Santoro e coordenado pela coreógrafa e bailarina, Gisèle Santoro, terá abertura sexta-feira (27/06), às 20h, no Teatro da Praça, Taguatinga (DF), com o espetáculo 1964 do grupo paulista FACES OCULTAS. O espetáculo tem como elementos da composição coreográfica, histórias envolvendo lutas, conflitos e passeatas da classe artística: músicos, estudantes, escritores e todo tipo de pessoa que lutava pela liberdade de expressão numa difícil época da ditadura. Na ocasião será prestada uma homenagem ao Secretário de Estado de Cultura do DF, Hamilton Pereira da Silva, assim como a Claudio Santoro e família, entre outros. A entrada será franca e a classificação, livre.

A gala de encerramento do seminário trará atividades inclusas na agenda do Ano da Alemanha no Brasil. Na sexta-feira (11/07), os brasilienses poderão apreciar as criações mundiais “Regen, in deinen dunklen Augen” (Chuva, em teus negros olhos), coreografia de Raimondo Rebeck (Alemanha) e música de Ezio Bosso e“Sturm und Drang” (Tempestade e Ímpeto), coreografia de Mônica Proença (Brasil/Canadá), música de Claudio Santoro e texto de poetas alemães.

 

Oportunidade na Junior company ligada à Ópera de Dortmund

Bailarinas entre 17 e 21 anos e  inscritas no Seminário podem enviar para a Direção do Seminário vídeos ou link para o You Tube para serem apresentados por nós à Direção do Ballet da Ópera de Dortmund (Alemanha), para concorrer  a 2 (duas) vagas em Contrato de Estágio por 2 temporadas para a Junior Company (salário de cerca de 1.400 Euros brutos, dos quais são descontados impostos). Além de salário e seguro contra acidentes, o jovem conjunto – sob a Direção Geral e responsabilidade artística do Diretor e Coreógrafo Titular do Ballet da Ópera de Dortmund Xin Peng Wang, – oferece outras possibilidades de desenvolvimento e aperfeiçoamento, como Workshops, Seminários de Pas de Deux e Repertório e outras medidas de fomento. Cuidados artísticos e com o bem-estar dos jovens bailarinos estarão a cargo do coreógrafo de Dortmund Raimondo Rebeck – um dos professores e coreógrafos do XXIV Seminário Internacional de Dança de Brasília – que, após uma primeira seleção dos vídeos e links enviados, examinará as candidatas durante o Seminário, para a decisão final.  PRAZO FINAL PARA ENVIO DO VÍDEO OU LINK: 06 DE JUNHO

 

Gala de Abertura – “1964”

Por ocasião dos 50 anos do Golpe, o Seminário terá “1964”, da Faces Ocultas Companhia de Dança (Salto-SP), como espetáculo de abertura na sexta-feira (27 de junho).O espetáculo teve como um dos elementos da composição coreográfica, histórias envolvendo lutas e conflitos, passeatas da classe artística: músicos, estudantes, escritores e todo tipo de pessoa que lutava pela liberdade de expressão numa difícil época da ditadura. Na ocasião será prestada uma homenagem ao Secretário de Estado de Cultura do DF, HamiltonPereira da Silva, assim como a Claudio Santoro e família, entre outros.

Gala de Encerramento – Paquita

Na sexta-feira (11 de julho) será realizada a Gala de Encerramento (incluída na programação do Ano da Alemanha no Brasil) que contará com a seguinte programação:

– Paquita (suíte do ballet, incluindo o Grand Pas, Pas de Trois, mazurca com as crianças) – remontagem de Gisèle Santoro (filha) – música de Minkus

– “Regen, in deinen dunklen Augen” (Chuva, em teus negros olhos) – coreografia de Raimondo Rebeck (Alemanha) – música de Ezio Bosso – criação mundial

“Sturm und Drang” (Tempestade e Ímpeto) – coreografia de Mônica Proença (Brasil/Canadá) – música de Claudio Santoro com texto de poetas alemães – criação mundial

Elenco: Dance 2000 Cia. de Dança, formada por participantes do Seminário e bailarinos convidados

 

Professores convidados

 

ALEMANHA

Vladimir Klos

Raimondo Rebeck

Christoph Böhm

 

BRASIL

Gisèle Santoro (filha)

Evandra Martins (Brasil/França)

Mônica Proença (Brasil/Canadá)

Fabiana Maltarolli (Brasil/Suíça)

Jânia Batista  (Brasil/Suíça)

 

ESPANHA

Roser Muñoz

 

EUA

Karah Abiog

Austin Hartel

Rachel Hendricks

 

FRANÇA

Vincent Gros

 

CORREPETIDORES

Jaroslaw Madroszkiewicz (Polônia/Áustria)

 

Alunos que completam o círculo –  Depois de Mônica Proença (hoje radicada no Canadá), e Evandra Martins (radicada em Paris), que foram alunas e têm voltado como mestres, este ano o Seminário celebra a participação de Fabiana Maltarolli. Medalha de Ouro no 1o. Seminário. Carioca,  ganhou em 1991 uma Bolsa de Estudos para a Escola da Ópera de Viena (Áustria). Foi por muitos anos 1a. Bailarina da Ópera de Zurique (Suíça) e atualmente é professora de Dança da Academia de Zurique.

 

Programação paralela – Todos os anos, o Seminário cria eventos com programação alternativa no intuito de “inundar a cidade de dança”, afirma Gisèle Santoro. A programação conta com um Palco Livre com espetáculos diários e “aulões” com grupos convidados e participantes do DF e de outros centros, além de uma Maratona da Dança (um dia de apresentações ininterruptas, com participação do público presente) e o Brasília Dança! (Concurso com Júri Popular com premiação em espécie). Mas a programação paralela ainda terá mini-apresentações variadas no Metrô (Arte nos Trilhos), espetáculos em diversas administrações regionais (Circuito da Dança) e uma Feira da Dança.

 

Responsabilidade social –   O Seminário desenvolve o programa especial “Dançar para Viver / Viver para Dançar”, dirigido às crianças carentes do Distrito Federal e de outros Estados da Federação, oferecendo Bolsas de participação para o evento. Para se candidatar, fazer uma solicitação por escrito à Secretaria de Estado da Cultura do DF.

 

Histórico – Concebido por Gisèle Santoro e promovido pela  Secretaria de Cultura do DF desde 1991, em parceria com Embaixadas e Instituições Culturais nacionais e internacionais – com destaque para a Associação Cultural Claudio Santoro – o ” Seminário Internacional de Dança de Brasília“, é realizado anualmente no Teatro Nacional Claudio Santoro.

 

Por sua projeção, nível e seriedade, já atraiu milhares de participantes do país e do exterior, sendo considerado como um dos mais importantes do país e referência internacional.

 

Sem similar no mundo por sua ação cultural, social e turística, reúne as características de um festival às de um congresso acadêmico, com a finalidade de facultar uma carreira internacional aos talentos nacionais, por meio do aperfeiçoamento do bailarino brasileiro no país ou no exterior.

 

Para alcançar esta meta, o Seminário conta com um Corpo Docente de renome internacional; oferece cursos de diversas disciplinas práticas e teóricas de dança e teatro; organiza uma companhia profissional temporária, selecionada em audição por banca internacional, com bailarinos nacionais e estrangeiros, realiza espetáculos gratuitos no Plano Piloto e nas diversas Regiões Administrativas do DF; e quando possível em outros centros do país, inclusive com orquestra sinfônica e companhias convidadas do país e do exterior; promove um concurso em várias categorias (solo, duo, trio, conjunto, grupo), modalidades e estilos, para diversas faixas etárias níveis de conhecimento, inclusive para portadores de necessidades especiais; programa conferências, lançamentos de livros, exposições e exibições de fotografias, filmes e vídeos.

 

Sua mais relevante característica, no entanto, é o oferecimento de Bolsas de Estudo, Estágios e Contratos, para prestigiosas instituições de ensino na Europa (Paris, Viena, Berlim, Munique, Leipzig, Dresden, Stuttgart, Praga e Londres), no Canadá, na Austrália e nos EUA (Nova Iorque e Washington), e teatros e companhias no exterior. Desde sua criação, foram concedidos mais de 400 Prêmios – entre Bolsas de Estudo, Estágios e Contratos – para jovens bailarinos brasileiros de talento. Entre os resultados:

 

– a grande maioria dos bolsistas – alguns são 1os. Bailarinos em importantes Cmpanhias – foi assimilada por conjuntos internacionais do porte da Ópera de Viena, Ópera de Zurique, Ballet de Stuttgart, Ópera de Leipzig, Ballet dNancy, Ópera de Hamburgo, Aalto Ballett Theater Essen, Ópera de Munique, Ópera de Dresden, Ópera de Salzburg, Ópera de Dusselforf, Ópera de Magdeburg, Jeune Ballet de France entre outros

 

– inúmeras Medalhas em diversos concursos internacionais (Luxemburg, Helsinki, Eurovision, entre outros,

 

– Premiações Internacionais em 2005, dois bolsistas foram agraciados com o Prêmio da Dança Alemão “Futuro”, nas áreas de Dança Masculina e Coreografia. E uma Bolsista recebeu o Prêmio de Estímulo concedido pelo Ministério da Cultura da Baviera (Alemanha);

 

– O evento também tem distribuído prêmios em espécie – nesses 23 anos foram dados cerca de R$ 1 milhão em prêmios – dos quais 95%, assim como passagens internacionais foram oferecidas por instituições estrangeiras para bolsistas selecionados. Para 2014, além dos prêmios previstos no valor de até R$ 20 mil, serão oferecidas mais de 10 Bolsas de Estudo e Estágios. E bolsistas selecionados poderão eventualmente receber uma passagem internacional e/ou um estipêndio mensal para  manutenção no exterior.

 

Site: http://www.dancebrasil.art.br

Informações ao público: (61) 3273-3095 – (61) 8574-1695

Assessoria de imprensa:

Marcos Linhares – 61 8405-8290 (linhares@marcoslinhares.com.br)

Vitor Ferns – 61 9200-7710 (vitorferns@agenciac7.com)

Simone Andrade 61 9872-5575 (simoneandrade.sdsa@gmail.com)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s