Depoimentos de Ex-bolsistas – 4 – CLEITON DIOMKINAS

cleiton 2

Nascido em São Caetano do Sul, iniciou seus estudos na área da dança aos 15 anos em diversas escolas de balé e trabalhando com maravilhosos mestres que o ajudaram a desenvolver a arte e a paixão pela dança. Concluiu Exames da Royal Academy of Dancing, ganhou vários prêmios no Brasil e participou com a companhia de dança Cisne Negro nas produções: “O Quebra Nozes”, “A Viúva Alegre” e “Copellia”.

Conquistou em 1997 o Medalha de Ouro no “VII Seminário Internacional de Dança de Brasília, sendo convidado pelo Diretor Martin Puttke a integrar a Companhia Aalto Ballett Theater em Essen, na Alemanha, tendo a oportunidade de trabalhar como solista do repertório clássico ao moderno, tais como Lourenço “A Megera Domada“ de John Cranko; Gamasch “Don Quixote“; Lord “Kaspar Hauser“; Paris “Romeo & Julieta“ de Jean-Christophe Maillot; Alexey “Os Irmãos Karamasow“; Telemach “Minha Ithaka – Odysseus“; Joven Soldado & Schieber “A Mesa Verde“ de Kurt Joss; Massine “Diaghilew: Os Favoritos“; Diabo “What You Will“; Rei dos Ratos “O Quebra Nozes;“ Meia-irmã “Cinderela“; Catalabutte – Mestre de Cerimônias “A Bela Adormecida“; Dr. Copelius “Coppélia“ de Roland Pettit. Trabalho com coreógrafos como: Richard Wherlock, José de Udaeta, Stefan Lux, Jéremy Leslie-Spinks, Mario Schröder, Christian Spuck, Birgit Scherzer, Eva Zamazalova, Heinz Spoerli, Boris Eifman, Jochen Ulrich, Ralf Dörnen, Roberth North, Davide Bombana, Stephan Thoss, Johan Inger, Young Soon Hue-Simon entre outros…

Tenho muito orgulho e gratidão de dizer que o marco da minha carreira se iniciou através do Seminário de Dança de Brasília, que me abriu as portas para o mundo internacional da dança, e isso através do belíssimo e sacrificante trabalho de Gisele Santoro que vem lutando durante anos para realizar o sonho de nós, bailarinos brasileiros.

Poderia aqui escrever um livro sobre minha vida na Europa: experiências, lutas, perdas, alegrias, tristezas, conquistas e principalmente a aprendizagem através da disciplina pela dança. Uma luta interminável pela perfeição.

Obrigado, Gisèle, por continuar a batalha pela cultura da dança no Brasil, que infelizmente não é valorizada como deveria ser, e propiciar a realização de nossos sonhos de brilhar pelos palcos mundo afora, mostrando que o Brasil é um país de muitos talentos que só precisam de ser valorizados…

Com muito carinho e respeito,

Cleiton Diomkinas

Este é um evento da Secretaria de Estado da Cultura do Distrito Federal em parceria com a Associação Cultural Claudio Santoro.

Este evento faz parte do programa DANCE BRASIL

Para reproduzir as matérias basta  somente dar crédito à Agência Dance Brasil

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s