Denis Vieira: Direto do Bolshoi para o Teatro Nacional Claudio Santoro

“É uma honra trabalhar novamente com a Gisèle e a primeira vez com o maestro Cláudio Cohen. Não tenho dúvida que o espetáculo vai ser incrível”

Solista do Ballet do Theatro Municipal do Rio, o bailarino catarinense se formou no Bolshoi de sua cidade e faz sua estreia em Brasília no clássico O Lago dos Cisnes

Solista do Ballet do Theatro Municipal do Rio, o bailarino catarinense se formou no Bolshoi de sua cidade e faz sua estreia em Brasília no clássico O Lago dos Cisnes

Lúcio Flávio

Repórter da Agência Dance Brasil

Desde 2010, integrante do Ballet do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, Denis Vieira conta que a inclinação pela dança começou cedo, aos oito anos de idade. Segundo o artista, uma atração natural, espontânea, quase que mediúnica. Tanto que nem sabe explicar direito essa paixão. “Sempre tive essa vontade, essa paixão louca de dançar, pelo o que lembra minha mãe”, diz, recorrendo à memória da matriarca. “Eu preciso dançar para me sentir bem em todos os aspectos. Sentir-me realizado”, confessa.

Catarinense de Joinville, ele nem precisou ir muito longe para se familiarizar com os primeiros passos de dança. “Entrei logo para Escola Bolshoi. Onde me formei”, revela.  De lá para cá muita água passou debaixo da ponte, inúmeras sapatilhas surradas foram trocadas e alguns conquistas colecionadas. Uma delas foi a ambicionada vaga de solista do Ballet do Teatro Municipal, desde outubro de 2012 sob sua responsabilidade.

Protagonista dos personagens principais dos balés Coppélia O Quebra-Nozes, o jovem bailarino agora encara novo desafio: estrelar a primeira versão de O Lago dos Cisnes, seu balé preferido. “É uma mistura de tudo que há de mais belo na arte”, deleita-se. “Foi difícil trabalhar o personagem, muitos detalhes e aspectos, pensamentos, coisas e costumes da época”, comenta.

Vieira será o solista principal juntamente com Marcia Jacqueline, da Gala de Encerramento do 23o. Seminário Internacional de Dança de Brasília (27 e 28/7 ) que apresentará O Lago dos Cisnes, em versão completa,  e que contará com a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro. Para entrar no personagem, assimilar o enredo fabuloso em cena, mergulhar de cabeça na perigosa dualidade que permeia os dois Cisnes, Denis Vieira contou com duas ajudas de peso materializadas na figura da professora e coreógrafa Gisèle Santoro (filha) e da partner Márcia Jaqueline, com quem, ele garante, tem uma intimidade gostosa.

“A Gisèle é uma artista fantástica, profissional ao extremo”, elogia. “Eu e a Márcia já dançamos há certo tempo, ela faz um Cisne maravilhoso expressivo, dançamos bastante juntos dentro e fora do Theatro e isso ajuda muito com certeza”, conta.

Participando pela primeira vez do Seminário Internacional de Dança de Brasília, Vieira revela que desde os tempos do Bolshoi ouvia falar do evento. As notícias que tinham do encontro que acontece há 23 anos eram sempre positivas. “Amigos meus já participaram, gostaram muito, inclusive alguns ganharam bolsas para fora do país. O que eu acho ótimo, contribui muito para os artistas brasileiros”, lembra o solista, que não vê a hora de pisar no palco do Teatro Nacional.

“É uma honra trabalhar novamente com a Gisèle e a primeira vez com o maestro Cláudio Cohen. Não tenho dúvida que o espetáculo vai ser incrível”, sonha.

Serviço:

A Gala de Encerramento do 23º Seminário Internacional de Dança de Brasília terá 03 dias de evento com ensaio geral aberto ao público no dia 26/07 e apresentações nos dias 27 e 28/07

O Lago dos Cisnes – Sala Villa-Lobos do Teatro Nacional Claudio Santoro

Música: Piotr I. Tchaikovsky

Direção Artística: Gisèle Santoro (mãe)

Coreografia:   Gisèle Santoro (filha)  d’après Petipa,  Ivanov e Bourmeister

Cenários:

Figurinos:

Iluminação:

Dance 2000 Cia. de Dança

Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro

Regência: Claudio Cohen

Classificação etária:

Duração: Cerca de 2 horas

Informações: Teatro Nacional Claudio Santoro – Bilheteria: (61)  3325-6239 e (61) 3325-6256, das 12h às 20h.

Endereço: SCTN, Via N2

Vendas na Bilheteria

Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia).

Desconto de 50% para portadores de necessidades especiais, idosos e estudantes.

Capacidade: 1.407 lugares

Este é um evento da Secretaria de Estado da Cultura do Distrito Federal em parceria com a Associação Cultural Claudio Santoro.

Este evento faz parte do programa DANCE BRASIL.

Para reproduzir as matérias basta  somente dar crédito à Agência Dance Brasil

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s