Luis Rubén Gonzalez

Luiz Rubén Gonzalez é solista convidado de O Lago dos Cisnes

Luiz Rubén Gonzalez é solista convidado de O Lago dos Cisnes

Um dos convidados do Seminário de Dança, o bailarino Cubano Rubén Gonzalez fala da importância do evento. Carreira do artista foi alavancada no evento

Lúcio Flávio

Repórter da Agência Dance Brasil

A coreógrafa e professora Gisèle Santoro lembra como se fosse hoje a primeira vez em que viu em cena o jovem dançarino cubano, Luis Rubén Gonzalez. Foi na edição 2004 do Seminário Internacional de Dança de Brasília, num dos dois solos em que o artista apresentou no evento. “O menino deu um show, a melhor apresentação entre muitos anos, supertécnico e com um carisma incrível”, recorda Gisèle, quase 10 anos depois. “Nós dois nos damos muito bem porque temos em comum essa paixão pela dança”, emenda.

Contemplado com a Medalha de Ouro no evento daquele ano, muita coisa na vida do menino que um dia sonhou surfar nas asas de grandes nomes da dança, mudou. Convidado a participar de vários festivais de dança no Brasil e no exterior, Rubén Gonzalez teve oportunidade de trabalhar com maestros e coreógrafos de renome internacional, desempenhado papéis importantes em vários estilos de dança do clássico ao contemporâneo em montagens importantes mundo afora.

“Minha primeira experiência profissional no Brasil aconteceu no Seminário. É um prazer trabalhar nas produções da Giselinha (filha), sempre que elas me chamam (Gisèle mãe e filha), estou à disposição porque sei da seriedade do trabalho e do profissionalismo de ambas”, revela Gonzalez, um dos solistas do balé O Lago dos Cisnes, apresentação que encerra o Seminário nos dias 27 e 28. “A expectativa é dançar à altura de uma produção como a de O Lago dos Cisnes e me preparar o melhor possível para poder atingir uma boa performance”, torce.

Talento e experiência Rubén Gonzalez tem de sobra. Com passagens por países como México, Nicarágua, Argentina, onde aperfeiçoou o trabalho como mestre na formação de bailarinos clássicos, o coreógrafo, hoje radicado em Recife (PE), onde montou a Cia Ballet Gonzalez, avalia a importância do Seminário Internacional de Dança de Brasília. Segundo ele o evento é um trampolim poderoso para a carreira internacional. Por isso que todos os anos faz questão de levar sua companhia para Brasília. “Proporciona tudo para bailarinos que pretendem fazer carreira internacional: cursos de alto nível com professores renomados”, observa.

Este é um evento da Secretaria de Estado da Cultura do Distrito Federal em parceria com a Associação Cultural Claudio Santoro.

Este evento faz parte do programa DANCE BRASIL.

Para reproduzir as matérias basta  somente dar crédito à Agência Dance Brasil

 

Uma resposta para “Luis Rubén Gonzalez

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s